Blog Joalharia

Malha Viking

No que diz respeito a técnicas de joalharia, tenho tendência para gostar do design representativo de certas culturas ou períodos históricos e tenho uma atracção especial por algumas técnicas usadas desde a antiguidade.

Desde nós Celtas a espirais Egípcias, cota de malha ou malha Viking, algumas técnicas e designs que existem há milhares de anos são ainda capazes de produzir peças bonitas nos dias de hoje e acho isso fascinante.

Gosto do facto de se poderem realizar estas técnicas da mesma foram como eram feitas antes da electricidade ser inventada e que seja possível fazer tantas variações dos mesmos designs antigos.

Já tinha tentado fazer cordão com uma boneca de tricotar mas não gostei de usar a boneca com arame. A malha Viking é semelhante, também produz uma “manga” tricotada, mas o resultado é mais uniforme e controlado e não requer ferramentas especiais. Tudo o que é preciso é o arame, um varão central que pode ser algo tão simples como um lápis ou uma chave hexagonal, e uma fieira improvisada – que pode ser uma tábua com uns buracos feitos com berbequim – para passar o cordão depois de acabado, de forma a tornar a malha mais flexível.

A malha Viking também permite que sejam incorporadas pequenas contas no trabalho à medida que vai sendo tecida. Gosto sempre de acrescentar cor e acho que as pedras dão interesse ao produto final. A desvantagem neste caso é que com as contas não podemos passar o cordão pela fieira.

O mais difícil de perceber quando se faz malha Viking é o tamanho de cordão necessário porque a malha estica quando é passada pela fieira. Se ficar demasiado grande é sempre possível cortar o excesso antes de terminar. O pior é o desperdício do fio metálico mas pode-se usar o que foi cortado para começar uma peça nova.

Apesar da técnica ser fácil, demora bastante tempo a concluir uma pulseira ou colar e leva vários metros de fio mas penso que vale a pena pela beleza do resultado final.

Veja também...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *